Meu "Sentir" tem cor e cheiro. Bebo vinho... Meus versos vivem...Tenho ilusões que respiram... E minhas linhas são veias! Derramo sensações e devaneios. Me ajusto e me asseguro no exagero.Vivo de tudo que é Vermelho!

quinta-feira, 7 de agosto de 2014

Terceiro dia...




E se a saudade disser teu nome
E meu coração for visto em um sinal de transito
Ou se na lembrança de um lençol branco
Ouvir-se os gemidos apavorados da sedução que você provoca
E nos domínios dos seus gestos eu encontrar o caos disfarçado de paz
Sua falta haverá de ser fato comum em meus dias
A necessidade de me afastar
De não lembrar você
Abstendo-me da doce nicotina da tua boca
Me fará congelar em silêncio todas as emoções dedicadas a ti
Nascidas das minhas artérias
Transportadas lentamente uma a uma
Pra fora dos meus olhos
Na projeção da sua imagem
No vício das minhas retinas
Em desejar te ver
Observar você

By Silene Neves

Um comentário:

meus instantes e momentos disse...

é sempre muito bom ler voce.