Meu "Sentir" tem cor e cheiro. Bebo vinho... Meus versos vivem...Tenho ilusões que respiram... E minhas linhas são veias! Derramo sensações e devaneios. Me ajusto e me asseguro no exagero.Vivo de tudo que é Vermelho!

quinta-feira, 5 de setembro de 2013

Tempo de ajustar...



Tenho feito pausas
Para que minhas razões descansem
Minha fúria pede calma
Meu inferno implora paz

by Silene Neves

2 comentários:

AquilesMarchel disse...

poema pra quem vive a flor da pele

Jão disse...

É importante parar, refletir e talvez mudar o caminho!


Beijos!