Meu "Sentir" tem cor e cheiro. Bebo vinho... Meus versos vivem...Tenho ilusões que respiram... E minhas linhas são veias! Derramo sensações e devaneios. Me ajusto e me asseguro no exagero.Vivo de tudo que é Vermelho!

domingo, 10 de abril de 2011

Doce Vermelho de "sentir"...



Tudo é tão breve quando estou contigo...
A vida é tão frágil ao teu lado
Seja na solidão de um dia comum
Ou em uma festa com "muitos"!
E eu não posso mesmo olhar teus olhos
E nem ouvir o que o seu sorriso me diz
E eu queria ser descrente como você
Acabar com os motivos que me fazem acreditar nisso "tudo" agora!
E só me restasse sua boca com gosto de marchimelo
Misturada a acidez do álcool que eu ingeri
E que sonhos fossem possíveis
E que a vida fosse como doces lembranças
De uma festa qualquer de criança


4 comentários:

หคтнყ disse...

Doces e Belas palavras.

Murillo disse...

A vida não precisa ser uma 'lembrança' de festas de criança, talvez seja melhor manter essa festa todos os dias!
Mas como é bom se entregar de cabeça em um amor que podemos dormir tranquilamente para sonhar, acreditando assim, que mesmo nos sonhos mais íntimos, alguém está junto de nós! :)
Saudades daqui! Beijo!

Jão disse...

Pena que a vida é real, mais os sonhos podem sim ser realizados, basta ter fé e coragem.

E lembre-se se não está tudo bem é por que ainda não chegou no final.


Beijos querida (Saudade de você no MSN)

Thiago Brito disse...

Silene

Não precisa agradecer, eu que agradeço por ter o prazer de ler maravilhosos textos como os seus. Fico muito feliz mesmo em saber que gostou !
Puxa, fiquei besta, causar arrepios é muito intenso hehe, fico extremamente lisonjeado com o elogio..
Ahh, sinta-se a vontade, o espaço é todo seu, fico feliz por ter meus meros escritos publicados em blogs tão bons como os seus.
Estou te seguindo nese tbm, gostei demais, parabens novamente !
Um grande bjoo
;P

http://essenciaego.blogspot.com/