Meu "Sentir" tem cor e cheiro. Bebo vinho... Meus versos vivem...Tenho ilusões que respiram... E minhas linhas são veias! Derramo sensações e devaneios. Me ajusto e me asseguro no exagero.Vivo de tudo que é Vermelho!

domingo, 1 de maio de 2011

Se eu te deixo...


Te deixo agora...
Na diferença de nossas horas
De um tempo "outrora"...
Em que estavas aqui
Tão perto...
E agora... se vais de mim!
Te deixo agora...
Nas distancias dessas horas
Entre céus e mares
Terras acessas em fogo
Madrugadas vermelhas
Em que...
Em teus braços "semeias"
O melhor fruto de mim
Te deixo agora...
Sem querer te deixar...
Sem querer ir de ti...

4 comentários:

Amanda Carvalho disse...

Oi Sil, tudo bem??
Adorei o texto, lindissimo!
'Em teus braços "semeias"
O melhor fruto de mim' Pessoas assim são simplismente raras de serem encontradas, por isso tornam-se tão inesqueciveis.
Beijos e boa semana p vc Sil!

Jão disse...

E melhor deixar ir. A pessoas que nasceram pra ser livres.


Beijos querida Sil!

หคтнყ disse...

Eu concordo com o Jão;
Mas quando agente ama, é dificl
deixar a pessoa partir.

A.S. disse...

Todas as distâncias se vencem!...


Beijos,
AL