Meu "Sentir" tem cor e cheiro. Bebo vinho... Meus versos vivem...Tenho ilusões que respiram... E minhas linhas são veias! Derramo sensações e devaneios. Me ajusto e me asseguro no exagero.Vivo de tudo que é Vermelho!

domingo, 26 de junho de 2011

Minha vida... nos teus olhos...



Te olhar não basta...
Sua imagem me causa uma tempestade de cores na retina
Sinto que...
Devo te contemplar...!
Mas... nessa confusão que me causas
Nesse caos que se ergue...
Não consigo ver além...
Não consigo ver mais...
Do que os vinhos que escorrem do teu sorriso
... e da minha vida desenhada na tua boca...

5 comentários:

หคтнყ disse...

...Você simplesmente me Encanta.
Seus olhos são os meus olhos ..."

Lindo Sil

Beju
http://nathydorgas.blogspot.com/

Si Fernandes disse...

Minha vida desenhada em tua boca...
UAU! Seus versos vermelhos me causam pasmo!
Beijos!

Pedro Menuchelli disse...

Sil,
Algum dia, quem sabe, o homem será capaz de saber entender seus sentimentos e relacioná-los com suas ações. Nesse momento repleto de maravilhas, o mundo será bem diferente. Seria bom que não existisse dentro de nós essas divergências entre querer e poder fazer. Contudo, somos seres humanos e é com isso que temos que viver todos os dias.
Um grande beijo Sil, com carinho,

Pedro.

Jão disse...

Completar o outro é missão difícil e grandiosa.

Espero um dia ser completado e poder completar alguém.


Beijos!

Diego Marques disse...

Bem intenso e vermelho...
Adoro seus versos